Por Jean Felipe em dezembro de 2018

Assim como já entrevistamos um pessoal da SEGA sobre Sonic Forces para celulares, voltamos com este papo leve e saudável sobre seu mais novo lançamento para iOS e Android, o SEGA Heroes.

É um produto que leva Sonic e sua turma novamente às telinhas, mas diferente de Forces, é um RPG com puzzles que traz também uma imensidão de personagens criados e licenciados pela empresa. Estamos falando de Adam Hunter de Streets of Rage, Ax Battler de Golden Axe, ou muitos outros personagens de Shinobi, Phantasy Star, Super Monkey Ball e as séries já citadas, como exemplo.

É um jogo consistente e divertido que resolvemos nos aprofundar mais em um papo rápido com representantes do lançamento na SEGA. Segue:

Entrevista

Epic Play: Nós notamos que houve um grande foco em saudosos personagens clássicos da SEGA, o que atinge o público “old-school” com maior facilidade trazendo caras conhecidas de Streets of Rage, a saga clássica de Phantasy Star e mais. A ideia é focar em personagens vindouros dos anos 90 ou veremos outros mais novos de Yakuza, Phantasy Star pós-online e até franquias da Atlus?

SEGA: Temos um grande fluxo de novos conteúdos chegando ao jogo, e embora eu não possa fazer nenhuma promessa específica sobre futuros personagens que iremos adicionar ao SEGA Heroes, posso dizer que vocês ficarão felizes com uma crescente variedade de novos personagens que serão adicionados em futuras atualizações.

EP: Como “chegaram” em um jogo híbrido de RPG com elementos de puzzle que lembram Candy Crush, sucesso nos smartphones, mas com personagens que batalham conforme são feitas as combinações corretas de cores?

S: Temos visto um grande sucesso de Marvel Puzzle Quest, que traz algumas semelhanças nos gêneros de quebra-cabeça “Match 3” e aventura. Nós aproveitamos nossos aprendizados  nos jogos de puzzle com peças e sentimos que isso ressoaria bem com os jogadores. Dito isso, SEGA Heroes consegue ser único em sua abordagem de como os heróis combatem os inimigos na arena e no modo de sobrevivência.

EP: Como um RPG, o jogo também tem uma história envolvendo os heróis e vilões da SEGA. Já que personagens como Shinobi ou o elenco de Streets of Rage disseram nenhuma ou poucas palavras em seus jogos do Mega Drive, como foi o processo de permanecer fiel às caracterizações dos personagens aqui?

S: Para permanecer fiel às lores e personalidades originais, trabalhamos dentre várias equipes da SEGA para colaborar com os personagens e nas histórias que trouxemos para o jogo. A equipe se divertiu muito fazendo isso — eles mergulharam fundo — e foi em grande parte devido a seus esforços que pudemos incorporar todos os personagens únicos no universo do jogo de forma coesa.

EP: O design de personagens é em super deformed, bastante parecido com o famoso “chibi”, caracterizando os personagens em uma versão “menor” 2D. Como e por que chegaram nessa decisão artística?

S: Como a SEGA explorou o desenvolvimento de dispositivos móveis ao longo dos anos, eles incorporaram alguns dos jogos e personagens clássicos de consoles em seus jogos para celular, mixando em um novo visual que se encaixe melhor às telinhas. O estilo artístico 2D que adotamos para nossos personagens no SEGA Heroes reflete parte dessa direção artística que a SEGA mudou para o público de dispositivos móveis.

EP: Já que foi afirmado que novos “SEGA Heroes” chegariam ao game nos próximos meses por vocês, é possível sabermos o que mais planejam para seu futuro?

S: Sim, temos um “fluxo” completo de conteúdo planejado para o SEGA Heroes, e hoje posso compartilhar com os fãs brasileiros que isso incluirá novos eventos, recursos específicos e mais heróis e inimigos para a história!

EP: Como o jogo é localizado para o português-brasileiro e temos uma imensa base de fãs da SEGA aqui, como está sendo a performance de SEGA Heroes no Brasil e quais resultados vocês têm em expectativa ao nosso território? 

S: Vimos uma resposta muito positiva dos seus jogadores após o lançamento de SEGA Heroes! Estamos muito agradecidos por nossa comunidade brasileira e gostaríamos muito de ouvir você(s) através de nossos canais Discord, Facebook ou Twitter!

Você pode deixar sua opinião nos comentários abaixo, também. Dizendo suas sugestões mais relevantes sobre os jogos mobiles da SEGA e o que querem pro futuro.

Written by
Jean Felipe é diretor-geral e fundador da Epic Play. Você pode acompanhar mais sobre o seu trabalho de perto no YouTube ou pode realizar doações para o desenvolvimento de projetos.

Deixe sua Opinião

  1. o jogo ficaria muito mais legal sem puzzels

    Responder
  2. Coloquem as músicas clássicas dos personagens. Adicionem alguns dos personagens de master system como ex: Alex Kidd, Dr. Ferdinand social… Baixem mais a dificuldade pra poder evoluir.

    Responder
  3. Às vezes acho que os personagens só foram adaptados em SD por causa dos de Sonic xD

    Responder
  4. Jogo legal, mas a progressão é extremamente lenta e chata. O jogo é claramente um pay to win. Desbloquear personagens, treinar… Tudo é nas custas de microtransações. Quase tudo (pra nao falar tudo) vc tem que pagar. Quer aquele personagem que vc curte? Ou vc paga X reais ou joga por MUITOS dias pra conseguir (isso se nao forem meses)

    Conseguiu o personagem, mas ele tá fraco? Paga. Sem contar que até pra progredir no jogo vc precisa comprar coisas. Jogo pq acho divertido, mas jamais pagarei pra evoluir no jogo.

    Vcs deveriam fazer como no Plants vs Zombies 2, que mesmo tendo microtransações, vc consegue terminar o jogo tranquilamente, de tanta moedas, diamantes e vasos de plantas que eles dão.

    Responder
  5. Honestamente, eu não consegui jogar por três motivos:

    1 – A tradução tá horrível, tem alguns falso amigos, tem frases aleatórias em inglês e no geral não está bem feito. Pra piorar não tem uma opção de trocar línguas, você é forçado a usar esse português mais ou menos.

    2 – Progressão horrível. Nem duas horas de jogo já tinha que começar a farmar e grindar lvl pra passar história, q? Até mesmo pra mobage isso foi meio radical.

    3 – Com certeza a pior parte de todos, o gameplay. Um Bejeweled? A Sega sempre tenta fazer algo diferente e inovador, por quê agora estão copiando a mecânica mais manjada e antiga de jogos mobile? Eu só joguei por tanto tempo pelo fanservice da Sega porquê eu jamais ia perder tempo pra mais um Bejeweled clone, poderiam ter feito um RPG de turnos mesmo, sei lá, algo diferente do que já tem por aí.

    Basicamente é isso, não fiquei muito feliz com o game não, já não sou fã de celulares como uma plataforma, mas eu achei que Sega Heroes não fez nenhum esforço pra sequer tentar mudar minha opinião além de ter personagens que eu conheço.

    Responder
  6. pra mim, a atualização da loja de sobrevivência deveria ser realmete atualizada. Pq todo dia Lassic e o bebe macaco estão na loja, enquanto a Alis não sai da loja da arena. e ceder um pouco mais de moedas seria interessante tbm

    Responder
  7. Espero que nas próximas atualizações seja incluído personagens de jogos queridos e únicos como Nights into Dreams e Burning Rangers

    Responder
  8. Otimo jogo! Mas deveriam facilitar um pouco como oscomentarios anteriores e adicionar as musicas dos jogos classicos o demais lindo

    Responder
    • Coloquem as músicas clássicas dos personagens. Adicionem alguns dos personagens de master system como ex: Alex Kidd, Dr. Ferdinand social… Baixem mais a dificuldade pra poder evoluir.

      Responder
  9. Eu comecei na beta e vi várias mudanças que fizeram ao longo do jogo e essas mudanças em sua maioria foram dificultando cada vez mais visando aumentar as microtransações. O jogo é meio tedioso pq tem pouca coisa pra fazer e a energia demora muito pra carregar, os heroes shards são muito difíceis de dropar, o nível de dificuldade de certos níveis é absurdo.
    Apesar de tudo isso continuo jogando e fazendo algumas compras para incentivar os desenvolvedores, mas diminui a frequência quando aumentaram absurdamente a dificuldade (pouco depois de lançarem o jogo mundialmente). Eu só espero que eles coloquem Alex Kidd e Ristar no jogo, já que o pessoal da própria SEGA tende a esquecer desses doi.

    Responder
  10. A SEGA tem que visar menos o DINHEIRO neste jogo. É muito difícil de evoluir! Fica aqui minha sugestão pra vcs… Boa entrevista!

    Responder
    • Ou podem trazer mais coisas pra se fazer, histórias extras, pra se divertir e não ter que esperar mtu evoluindo personagem sem ter dinheiro pra progredir em partes posteriores que pode cansar o jogador. Isso é normal em jogos mobile mas sempre esperamos mais da nossa empresa favorita

      Responder
  11. Tive a oportunidade de jogar o game em sua beta, e a principio me agradou muito! A trilha sonora é muito boa, o mesmo vale para o visual dos personagens, cenários e afins. O sistema de jogo é muito satisfatório, a fusão de Cand Crush com Rpg foi genial. É um jogo que tenho no celular e não pretendo desinstalar!

    Só acho a evolução dos personagens absurdamente lenta e difícil, sendo que é muito fácil ficar preso em uma fase do modo história. Ou seja, você acaba que ficando preso, e não existe uma forma para poder farmar e upar seus personagens (até tem, mas é muito demorada e injusta), afim de poder tentar novamente e passar de fase.

    Talvez pudessem dar mais enfase nessa parte, porque isso desanima o jogador muito rápido.

    Responder

Deixe sua opinião

Leia nossos Termos e Privacidade antes. Entrar em uma conta?

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esqueci a Senha

Entre com seu nome de usuário ou e-mail. Você receberá pelo e-mail registrado um link que lhe criará uma nova senha.