Por Otávio Augusto em janeiro de 2019

Depois de tentar concorrer nas eleições presidenciais de 2018 como vice-presidente de Fernando Haddad, Manuela D’Ávila (PCdoB) decidiu lançar uma carreira como YouTuber. O canal teria como foco principal discutir sobre assuntos que ficaram sendo debatidos constantemente durante o ano passado, como as fake news e o discurso de ódio.

Para conseguir alcançar seu objetivo, a ex-candidata decide utilizar o site Apoia-se para reunir uma quantia necessária pra poder concretizar seus planos de virar uma YouTuber, com a ideia original de alcançar R$ 20.000 para poder criar vídeos para poderem “fomentar a resistência”. As doações podem variar de R$ 5 a R$ 1.000.

O plano original era lançar o canal em Fevereiro com vídeos semanais, mas mesmo assim, o objetivo de alcançar 20.000 nem está perto de ser alcançado, com no momento (31/01/19) só 17.5% dele tendo sido alcançado. A repercussão gerada por essa iniciativa não atraiu a atenção dos possíveis fãs da ex-candidata, resultando na meta longe de ser completada.

Não se sabe o que ela irá fazer agora com seus planos originais de ser YouTuber até Fevereiro não sendo concretizados, visto que o interesse no canal dela continua baixo.

Deixe sua Opinião

Deixe sua opinião

Leia nossos Termos e Privacidade antes. Entrar em uma conta?

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esqueci a Senha

Entre com seu nome de usuário ou e-mail. Você receberá pelo e-mail registrado um link que lhe criará uma nova senha.